machadodeassis.net
voltar
Machado de Assis.net | Machado de Assis em linha: revista eletrônica
número 1 • junho de 2008

Insanidade e lucidez na concepção do humanitismo
Juracy Assmann Saraiva

A compreensão da finalidade que Machado de Assis empresta à loucura em Memórias póstumas de Brás Cubas e em Quincas Borba, transita pela concepção da teoria de Humanitas, mediante a qual a personagem Quincas Borba tenta explicar a razão e o sentido da vida. Não se trata, porém, de uma teoria cujas fontes sejam paralelas, ou convergentes: o antagonismo que emerge das inúmeras proposições faz com que essas afirmem e neguem, construam e anulem aspectos do próprio sistema, comprovando o paralelismo entre Humanitas e seu idealizador. Para apreender essa orientação marcada pela bivocalidade, esta leitura persegue as menções plurais do discurso de Humanitas. Destacam-se, aqui, as que se referem à teologia cristã, à filosofia de Augusto Comte e à teoria das espécies de Darwin.

Você também pode baixar este artigo para o seu computador no formato PDF (Adobe Acrobat ©):
arquivo = 57 KB (clique com o botão direito do mouse para salvar o arquivo no seu computador)

Adobe Reader

Para ter acesso aos artigos baixados neste site você precisa ter o Adobe Acrobat Reader © instalado em seu computador. Caso você não tenha este programa, clique no ícone acima para baixar e instalar (programa de distribuição gratuita).

topo
Machado de Assis.net | Machado de Assis em linha: Revista eletrônica / Artigos por autor

www.machadodeassis.net
Base de dados de citações e alusões nos romances e contos de Machado de Assis
Artigos sobre a obra de Machado de Assis
Romances de Machado de Assis com hiperlinks para as referências

© 2007-2009
CNPqFundacao Casa de Rui Barbosa